"O que os outros dizem e fazem deve ser o ESTÍMULO, mas nunca a CAUSA de nossos sentimentos" (Marshall Rosenberg).

É evidente que tudo o que as pessoas ao nosso redor dizem e fazem interfere na nossa forma de ser e sentir. Mas todas essas coisas não devem determinar o que sentimos. Entre interferir e determinar existe uma distância considerável, e é aqui que podemos agir a respeito.
Da mesma forma, falando em vida psíquica, deve haver certa distância entre quem sou eu e quem é o outro. Você não deve se sentir acusado ao entrar em contato com esta afirmação, mas se ela te provoca de alguma forma, te convido a refletir sobre isso.
Quando somos emocionalmente dependentes de alguém, deixamos de ser quem somos para satisfazer os desejos do outro. Porém, esta conta nunca fecha e permanecemos em dívida com nós mesmos. Compreender isso é fundamental para lidar de forma assertiva com a codependência.