"No centro de toda raiva, existe uma necessidade que não está sendo atendida." (Marshall Rosenberg)
Nossas ações são movidas por nossas necessidades. Enquanto está tudo bem e você está de boa, não há motivo para se mover. Porém, surge uma necessidade e você age para suprí-la. Simples, não é?
Nem tão simples assim.

Afinal, nem todas as necessidades que possuímos podem ser supridas de forma rápida. Se você precisa de uma formação para ter uma promoção no trabalho precisará estudar por anos para obter um diploma, por exemplo. E o período entre a necessidade e a satisfação costuma ser marcado por estresse e outras emoções e sentimentos, como a raiva.



Você pode ter se perguntado muitas vezes o motivo de estar impaciente e talvez nunca tenha chegado a uma conclusão. Isso aconteceu porque não encontrou qual era a necessidade por trás deste sentimento. E então sua lâmpada se apagou.
Na próxima vez que se sentir com raiva de algo ou alguém, pare um pouquinho e busque encontrar qual é a sua necessidade por trás disso. A partir daí, terá melhores condições de lidar com isso e agir a respeito.

Tem sentido o desejo de ser amado?

Não se sente bem compreendido por quem te rodeia?

Gostaria de ter seus sentimentos respeitados?

Estas são apenas alguns exemplos de necessidades que está sentindo agora. É importante identificá-las para seguir em frente.